Notícia

Saúde | da Redação
Capa / Notícia

Assis terá semana de comemoração da Luta Antimanicomial

10/05/2017 - 11:40

Serão promovidos oficinas, mostra de filmes, encontros, música e debates sobre o tema

Foto: Divulgação

Dos dias 15 a 18 e 30 de maio Assis terá uma comemoração da Luta Antimanicomial, programação organizado pelo coletivo Dias 18: Dias de Luta. A comemoração contará com oficinas, mostra de filmes, encontros, música e a possibilidade de debates aumentando a visibilidade de uma luta que, apesar de antiga, ainda se mostra necessária.

A luta Antimanicomial teve seu início em 18 de maio de 1987, no encontro dos Trabalhadores de Saúde Mental, ocorrido na cidade de Bauru (SP) e se caracteriza pela luta dos direitos das pessoas em sofrimento psíquico. Estabeleceu-se então o lema do movimento: "Por uma sociedade sem manicômios", e o 18 de maio foi definido como o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, data comemorada, desde então, em todo o país. 

Os objetivos são propor não só mudanças no cenário da Atenção à Saúde Mental, mas, principalmente, questionar as relações de estigma e exclusão que social e culturalmente se estabeleceram para as pessoas que vivem e convivem com os “transtornos mentais”. O Movimento faz lembrar que, como todo cidadão, estas pessoas têm o direito fundamental à liberdade, o direito a viver em sociedade, além do direto a receber cuidado e tratamento sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadãos.

Diante deste contexto, o Movimento da Luta Antimanicomial tem a necessidade de se reunir para definir seus objetivos e suas estratégias de ação no sentido de afirmar e lutar pelo avanço da Reforma Psiquiátrica no Brasil, já que ainda enfrentamos dificuldades de promover atendimentos mais humanizados e sem exclusão.

O Coletivo Dias 18: Dias de Luta! surgiu em 2016 em um encontro de pessoas que sentem e sonham com uma sociedade melhor para se viver e desde então tem desenvolvido ações todos os meses. São todos os dias 18 de cada mês, e não só em maio, como dias que possam simbolizar essa luta, pois é uma luta diária.

Trabalhadoras(es), pessoas usuárias dos serviços de Saúde Mental, representantes da Cultura, Saúde, Educação, Meio Ambiente, Assistência Social, estudantes, as cidades de Ourinhos, Paraguaçu Paulista, Marília, Presidente Prudente, o Conselho Regional de Psicologia - Subsede de Assis, Pirassis e Circus se envolveram nos ideais e ações deste coletivo.

Programação

Dia 15/05
No Galpão Cultural. Público alvo: integrantes da Pirassis, CAPS Ourinhos e parceiros.

12h - Almoço com Associação Arte e Convívio.

13h às 16h30 - Oficina de Encadernação e roda de conversa sobre Associações de Saúde Mental com Arte Convívio, Pirassis e CAPS Ourinhos

 

Dia 17/05
Na Cantina da UNIP. Público alvo: alunas/os e trabalhadoras/es.

19h - Apresentação da Banda Lokonaboa

20h - Roda de conversa sobre a Luta Antimanicomial e as oficinas terapêuticas.
Exposição de fotografias feitas nas oficinas do CAPS pelos estagiários da UNIP.

 

Dia 18/05
Na Avenida Rui Barbosa. Aberto ao público.

8h30 - Na Praça da Mocidade. Fala do Coletivo 18 sobre a Luta Antimanicomial na Abertura da Caminhada pelo Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

9h - Na Praça Arlindo Luz. Manhãs Musicais, Café Solidário e Mostra de fotografias "Dias 18: Dias de Luta".
 

Dia 30
No Salão de Atos da Unesp. Aberto ao público.

17h - Exibição do filme: "Antes do Anoitecer", seguido de debate.

Compartilhar

Comentários