Blog

Tecnologia & Você | Adriano Romagnoli
Capa / Blog

Governo Eletrônico

31/12/2016

Segundo uma definição clássica, Governo eletrônico ou e-gov, (do inglês electronic government), "consiste no uso das tecnologias da informação — além do conhecimento nos processos internos de governo — e na entrega de serviços do Estado aos cidadãos  e no uso de ferramentas eletrônicas e tecnologias da informação para aproximar governo e cidadãos". (Wikipédia)

Já há alguns anos o Governo brasileiro tem implementado ações que incentivem e obriguem (através de leis) a utilização de sistemas eletrônicos para a melhoria da Administração Pública, gerando serviços aos cidadãos com eficiência e economia.

O conceito não é novo, advindo do final dos anos 90, mas ainda é um bicho-de-sete-cabeças para muitos municípios brasileiros, que na maioria das vezes adota a prática como um "diferencial" do governante e não uma obrigação do mundo atual.

Ao cidadão é possível disponibilizar uma gama de serviços sem precisar sair de casa, com a comodidade do seu celular, como por exemplo: acesso a informações de governo (e-Sic), programação de eventos (Educação, Saúde), orientações e obtenção de documentos fiscais (IPTU, etc) e muitas outras iniciativas.

A crise política nacional, representada pelo sentimento de distância entre os responsáveis pela Gestão Pública e a população, pode ser superada com a implementação de melhores prática de transparência e aproximação do cidadão com a administração, seja ela municipal, estadual ou federal.

E você: quais serviços públicos poderiam ser melhor prestados se houvesse ferramentas eletrônicas apropriadas?

Faça seu comentário. Participe.

Até a próxima semana e FELIZ ANO NOVO!

Adriano Romagnoli

Analista de Sistemas formado pela FEMA em 1996, com MBA em Gerência de Cidades e Gestão Pública. Cursando MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Idealizador do portal Assiscompras.com. Ex-secretário municipal de Assistência Social (2009-2011) e ex-vereador (2013-2016)

Compartilhar

Comentários