O óleo de fritura
 blog | Ambientalista Wverde

Por Reinaldo Fernandes Bongarten

Estudante de Gestão Ambiental na UNOPAR de Assis/SP, idealizador da Wverde. "Concientizar, Preservar e inovar para melhorar".
 
O óleo de fritura | 02/08/2010 - 14:50

Todo mundo conhece e sabe pra que serve o óleo de soja comprado no mercado. Mas gostaria de saber se você leitor sabe que o óleo de soja é mais utilizado para fazer frituras em sua residência. Já parou para pensar quanto de óleo de fritura você utiliza por mês. Em que local você joga ele? Você utiliza quantas vezes o óleo para fritar; 1, 2 ou até 3 vezes o mesmo óleo de fritura? Mas como é o descarte desse óleo? Você joga no ralo da pia por falta de opção? Você doa para fazer sabão? Você sabe os riscos de fazer sabão caseiro? Você sabia que o processo químico de fazer sabão caseiro libera gás de efeito estufa? Você sabia que tem sabão caseiro feito com soda cáustica?

Tendo como base este questionamento feito a você que leu, gostaria de explicar de maneira simples todas as respostas dessas perguntas.

O óleo de cozinha também chamado de outros nomes como, óleo de soja ou óleo de fritura, deveria ser notado por todos como um agente poluidor se inutilizado de formar errada, claro que cada um é dono do seu óleo, ninguém quer discutir se você comprou, ganhou ou emprestou seu óleo de cozinha.

A questão é de que maneira ou qual a sua rotina com o óleo de fritura, bom a partir desse ponto de partida, digo que o ideal é colocar ele em uma garrafa PET de 2 litros até juntar a quantia para encher a garrafa e colocar em um local que não possa encontrar solo ou umidade, visto que o óleo de fritura tem o poder de poluir até 25 mil litros de água potável, já imaginou quanta água de beber ficaria comprometida, e tem muito cidadão que joga o óleo de fritura no quintal, isso é extremamente errado, não esquecendo também da possibilidade das pessoas jogarem no ralo.

Amigos, jogar óleo de fritura no seu ralo é errado também, porque o óleo quente ou morno ela fica em estado liquido e fica fácil de jogar pelo ralo, mas a partir do momento que ele esfria, seu estado vai mudando e vai ficando denso formando uma pasta que entope seu ralo, enche sua caixa de gordura mais rápido e ainda gera um acréscimo financeiro para empresa de tratamento de esgoto.

Outro assunto intrigante que gostaria de escrever aqui é sobre como utilizar o óleo de fritura em sua casa. É normal a dona de casa e em estabelecimentos comerciais usarem mais de uma vez o óleo de fritura. Mas se ninguém sabe, eu digo, o óleo ele é um alimento que deve ser utilizado somente uma vez no máximo duas. Porque quanto mais escuro ele estiver é um sinal que só sobraram resíduos que fazem mal a saúde. O óleo frito mais de uma vez, gera os famosos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce. Já pensou em comer uma coxinha com óleo utilizado pela terceira vez, em vez de estar comendo algo de procedência correta, você esta ingerindo alimentos com alto poder destrutivo do seu organismo, pense nisso! E se você esta juntando o óleo de fritura e não fazendo como nos casos acima parabéns, mas adiante você terá uma opção de descarte.

Mas para quem doa o óleo para fazer sabão caseiro, fica aqui um alerta, o sabão caseiro utiliza em sua composição um elemento químico muito forte e perigoso para pessoas normais utilizarem, esse elemento químico é a Soda Cáustica ( NAoH). Na fabricação de sabão caseiro ele é utilizado como diluidor do óleo em reação química para formar uma pasta base.

Existem outras opções de são caseiro sem Soda, mas esse assunto fica para outra hora. A soda Cáustica utilizada por principiantes pode ser bem perigosa, tanto é que nas embalagens comerciais, facilmente pode ser encontrado um símbolo de caveira, descrita como morte. É serio as conseqüências de mau uso, como por exemplo: Se ela for ingerida, causa sérios danos irreversíveis ao sistema gastrointestinal. Mas o mais habitual é ser inalada quando esta sendo utilizada para fazer sabão caseiro. Bom se for inalada em pouca exposição, causa muita irritação, pode gerar muitos danos e levar a morte em altas doses de exposição.

Um dos grandes problemas também é o contato direto com a Soda, se a pessoa deixar a soda entrar em contato com a água, fatidicamente ocorre uma reação química fazendo com que a soda fique muito quente ou em termos técnicos ela reage de forma exotérmica, sendo muito corrosiva, causando grandes queimaduras na pele. Ainda não acabou seus problemas, no momento da produção do sabão, ele em reação química juntamente com os outros ingredientes, libera gases altamente destrutivos, gerando transtornos para quem se encontra no local de fabricação, o contato, mas direto com a ação pode causar queimaduras, danos a córnea conjuntiva.

Já pra quem acha que fazer sabão caseiro é uma boa, não posso fazer nada, como eu disse o óleo é seu você faz o que quiser com ele, eu só estou tentando mostrar os riscos e as maneiras de dar um destino mais nobre ao óleo de fritura.

Deste assunto falei sobre os problemas a saúde humana, mas tem mais problemas ainda que o óleo causa. Ele libera gases de efeito estufa, agora imagina varias pessoas fazendo sabão juntas no mês, pensa em nível nacional, podemos dizer que o volume de gases de efeito estufa liberado na atmosfera é bem considerável, vamos concordar nisso!

Depois de ter feito toda essa abordagem sobre o óleo de fritura e relatar os problemas de utilizá-lo na fabricação de sabão, com aditivo de soda Caustica. Deixarei minha dica para descarte de seu óleo de cozinha. Se você joga no ralo ou joga no seu quintal, por favor, junte em garrafas PET.

Se você doa para fazer sabão caseiro, você hoje ficou sabendo do seu potencial destrutivo. Se você já junta o óleo em casa, parabéns, é uma ótima atividade.

Agora, as 3 hipóteses , tem como destinar seu óleo de maneira adequada. Existe um projeto ambiental em Assis/SP que esta trocando uma Garrafa PET cheia de óleo de fritura por detergente industrializado neutro da marca Proeza. Existem 10 Pontos de coleta e troca por produtos em Assis/SP, para sua comodidade. 1º Ponto – Na vila Prudenciana – Efetue sua troca no Supermercado Neves. 2º Ponto – No Parque Universitário - Efetue sua troca no Mercado Universitário. 3º Ponto – Na Vila Operária – Efetue sua troca na Casa de Carnes PORCO BRANCO. 4º Ponto – Na Vila Ribeiro – Efetue sua troca no Supermercado Pag Poko. 5º Ponto – Na Vila Xavier - Efetue sua troca na GREEN TEC CARTUCHOS. 6º Ponto – No Bairro Jardim Canadá - Efetue sua troca na Padaria ABRAÃO. 7º Ponto - Na Vila Ouro Verde - Efetue sua troca no Verdurão ORTIZ. 8º Ponto – Na Vila Claudia – Efetue sua troca no Mercado Globo. 9º Ponto – No Bairro Inocoop – Efetue sua troca no mercado ÁCACIA. 10º Ponto – Na Vila Gloria – Efetue sua troca no Supermercado Kané

Para mais informações, favor ligar para: 018 8154 – 9333 (ambientalista Wverde). Ou acesse nosso site: www.wverde.com.br, e e-mail: atendimento@wverde.com.br.

 comentário
rosa em 16/03/2011 - 17:42
Em relação a fazer sabão sem soda, escreveu que ficava para outra altura, mas onde posso encontrar essa informação?
Guilherme em 15/08/2011 - 09:29
Bom dia, muito boa a sua matéria, esclarecedora, mas também gostaria de saber a continuação que citou, como fazer o sabão sem a soda cáustica. E como é formado na área ambiental, pediria que nos elucidasse qual as outras alternativas que poderíamos fazer com o óleo, mostrou que é danoso ao meio o sabão com soda, mas acredito que o óleo liberado no meio é maior ainda, mas qual a melhor solução recomendaria nesse caso? obrigado pela atenção, parabéns pelo trabalho e ficarei no aguardo do seu contato.
Cláudia em 09/02/2012 - 08:56
Bom dia! Este assunto me interessa uma vez que coleto o óleo de cozinha em garrafas pet e onde vivo não existe a coleta, somente pessoas que fazem o sabão caseiro e com soda. Tenho em mente apresentar ao CODEMA (Conselho Municipal de Meio Ambiente) algo para que se coloque em prática, ou seja, a criação de política pública para que este óleo seja coletado corretamente. O que voce sugere? Desde já agradeço.
textos publicados
Confira nosso site
Clique e confira
Clique para mais informaçções
Conheça nossos serviços
Confira nossa hotsite Siga-nos no Facebook
confira as novidades
Siga-nos no Facebook
Clique e confira fotos das baladas
Conheça nosso portifólio
Conheça nossas coleções